OBJETIVOS DESTE BLOG

O objetivo deste blog é compartilhar impressões sobre as notícias do cotidiano econômico, político e educacional do Brasil. O que se lê nem sempre é o que parece.

A preocupação deste blog é discutir notícias de outro modo, sempre relacionada com a idéia de trabalho. Há quem goste de empregos formais em organizações tradicionais. Há quem prefira fazer carreira em diversas empresas, trabalhando para várias delas ao mesmo tempo. Também há os que querem ganhar a vida, sem qualquer “dono” por perto, nem interno, nem externo. Hoje, não há mais um tipo só de evolução profissional e, por isso mesmo, quem quer tem chance de mudar de trabalho.  Essa oportunidade de mudança tem muito a ver com o que acontece na economia, na forma com que se usa o “diploma”, e até com o sobe e desce do cenário político.

Pensar nesse assunto envolve discutir a informação que se recebe.  Você sempre encontrará no blog do Leonardo Trevisan notícias do dia envolvendo trabalho com uma dessas três misturas: educação, economia ou cenário interno ou externo. O resto é só discussão. Evolução profissional não é mais estrada de mão única. Vale tudo nela. Principalmente, a sua opinião.  Colabore!

Reforma no blog: “cara” nova, colaboradores novos… Só o objetivo continua o mesmo

20 / 03 / 11

Caros leitores,

Como se vê este espaço está “de cara” nova…  Os objetivos do blog continuam os mesmos: “o que se lê, nem sempre é o que parece”, ou seja,  um pouco de debate sobre o que está na mídia, mas não é bem só de um jeito.

A maior mudança é a chegada de novos colaboradores para ajudar nessa tarefa de ver de outro modo o que se leu. Parte deles são jornalistas, outros são analistas, profissionais de diferentes áreas de atividade, todos perseguindo o mesmo objetivo: apresentar possíveis outros lados do que, às vezes, foi mostrado só com uma face.

Amanhã, começaremos com o jornalista Klaus Kleber. Com toda a sua experiência, de longos anos, inclusive na direção de jornal de economia, tratará de fatos da semana, da política, da economia, da vida. Sua coluna, “Minha vez…” sairá sempre na segunda-feira.

Depois, na terça-feira, dois economistas, Frederico Turolla e Antonio Corrêa de Lacerda dividirão a responsabilidade de escrever sobre conjuntura econômica na coluna  “E assim caminha o gráfico…”  Eles garantem que não querem concorrência com o filme de George Stevens, mas aceitam discutir se é mesmo qualquer riqueza, ou taxa de juros, que muda a realidade.

Luiz Fernando Garcia, com toda a experiência que tem na Publicidade comentará essa arte e atividade em “Nossos comerciais, por favor…”  O professor Marcos Amatucci discutirá seu interesse de muitos anos por um setor econômico essencial na economia brasileira, na coluna “Indústria Automobilística”.

Já o jornalista Eugênio Melloni, com tudo que já viu no setor de Energia, em especial na última década, ficará responsável pela coluna “Alta tensão”.

A complexa realidade internacional, com tantos novos atores, com tantos reflexos no contexto interno brasileiro, ficará por conta de dois especialistas. O professor Reginaldo Nasser, com toda a vivência que acumulou nessa área, assinará a coluna “Enquanto isso, nas Relações Internacionais…”. Já o professor Sílvio Miyasaki, emprestará toda a experiência que acumulou  para analisar o continente que dará o tom do século XXI, cuidando da coluna “Enquanto isso na Ásia…”

Ninguém é de ferro e alguma diversão é preciso neste espaço. Por isso mesmo, o professor José Francisco Vinci de Moraes cuidará de nos contar algo interessante sobre gastronomia e viagens. Nas sextas-feiras será possível, pelo menos sonhar, com as alternativas de boa comida, bom vinho ou boas paisagens na coluna “A hora do prazer…”

Já no domingo, a jornalista Cláudia Bozzo terá outra função: cuidar do pão do espírito. Uma crítica de filme ou uma resenha, ou uma boa dica de leitura será sua tarefa. Cláudia gosta de vários assuntos e provavelmente ocupará alguns dias da semana dos seus leitores com suas dicas na coluna “Sempre aos Domingos…”

Na direita da tela temos outra novidade do blog. Em seguida ao noticiário rotativo dos jornais O Estado de S. PauloFolha de S. Paulo, o leitor agora encontrará também material dos jornais O GloboThe New York TimesEl País. Será possível, inclusive, clicar no título de cada notícia desses jornais sugerida nessa coluna e ler a íntegra.

Caro leitor, o blog mantém o comentário diário de seu autor. A proposta é diversificar a análise “do que se lê” para quantos  setores for possível, exatamente para que se perceba, de verdade, que “nem sempre é o que parece”..

Com um abraço,     Leonardo Trevisan


Comments are closed.